terça-feira, 20 de março de 2012

Robert Glasper e Maverick Sabre






...no meio duma angústia sem tamanho, nesta   infindável sucessão de desencontros, numa espécie de ansiedade sufocante resumindo,vivendo na crista duma emoção desmedida, total e sem saída!
Acredito que melhores tempos virão...
Enquanto ouvia alguns álbuns recém baixados eis que   surgem estas pérolas,  ainda cedo principio da noite, dando-me assim tempo para viajar e sossegar. Tempo em que estarei  desligado do secundário, daquilo que nos atormenta a vida, tempo para usufruir do que de melhor a vida me dá: a boa música.









Robert Glasper Experiment, disco fabuloso, jazz inovador e ao mesmo tempo clássico...










                                    







e este álbum debut de Maverick Sabre, com uma voz muito semelhante a de Finley Quaye, muito bom dos especiais ...














3 comentários:

  1. Nesses teus mergulhos aos teus arquivos musicais, nós é que saímos no lucro.

    E as coisas tem sim que se fazerem melhores. Vamos exigir? Rsrs...

    Beijo, Tony!

    ResponderEliminar
  2. Sodade do cê!
    Sodade de vir aqui e ficar, ficar, ficar!!!
    Bjs.

    ResponderEliminar